sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

nasceram 3 no dia 3!

Um aniversário a triplicar. A minha mom, eu e o Marquitos.
A minha mãe é extraordinária e como às vezes lhe digo, a vida dela dava um filme.
O seu pai faleceu cedo, não chegou a conhecê-lo. A sua mãe foi trabalhar para longe e a minha mãe ficou a viver com a avó. No Alentejo lutou com os gatos por causa das sardinhas. Com 12 anos madrugava para ir costurar e ao pequeno-almoço comia feijão com couve. Casou com 15 anos (usual na época). Já com um filho (o meu mano Samuel), ficou longe do meu pai durante 2 anos enquanto este esteve na Guiné. As notícias eram escassas ou nulas. Viveu no Luxemburgo, onde trabalhou bastante. Viveu em Inglaterra enquanto o meu pai estudava lá, na EMF. Não vou sequer começar a contar algumas das suas aventuras. Mas acreditem, dava mesmo um filme, um policial, drama com comédia à mistura. Muitas vezes não teve casa própria e viveu com familiares e amigos. Em Lisboa, viveu numa casa velha, velhinha, onde eu nasci e após isso mudou de casa umas quantas vezes. Na casa velhinha quase foi atacada por um "maluco" quando ambas estávamos sozinhas em casa, enquanto o meu pai e mano estavam numa reunião. Tirou a carta já bastante tarde e passou o exame com distinção.
Algo que muito admiro na minha mom é o seu amor pelas pessoas idosas. Tem um carinho e jeito muito especial para eles.
É amiga. Mesmo quando as melhores amigas a abandonaram e magoaram. É fiel.
Quase 50 anos depois, continua a deixar bilhetinhos, escrever postais ao meu pai e a sorrir quando ele chega a casa.
Sou grata pela forma carinhosa e simpática com que sempre tratou e amou os meus amigos. Todos sempre a acharam o máximo e muito divertida. E têm razão, ela o é.
Lutou e luta há muitos anos com fibromialgia, desde o tempo em que a doença ainda não tinha nome. Há mais de um ano foi operada a um pulmão devido a um cancro. Não correu bem e devido a um erro e negligência médica vive com dores.
Por tudo isto e tanto, tanto mais, admiro-te muito mamã.
Ah... e já disse que ela é linda?



6 comentários:

Ilda disse...

Parabéns a você nesta data querida!é verdade Rute é linda!um beijinho, Celeste e muitas bençãos do nosso bom e eterno Pai.

Arte da Luluzinha disse...

Que felicidade! Um abraço repleto de carinho para a sua mãe, é tão bom quando elas se tornam nossa heroina. Muita saúde e alegrias.
Beijinhos

Karen Souza disse...

Parabéns rute, marquinho e mãe da rute ! ( não sei o nome)
Muitos beijinhos e muitos anos pela frente, DEUS VOS ABENÇOE!

Aqui no JI... disse...

Olá Rute,
não podia deixar passar este dia sem vir aqui dar um abraço de parabéns à Rute, ao Marco e também à avó...O melhor para todos!!
Beijocas
Fátima

zarah disse...

parabéns, Celeste :)

muito bonita, sim. e tu és tão parecida com ela :)

Kella disse...

Uma história bonita...muitos parabéns aos três!