sábado, 29 de agosto de 2009

{Viajando...na minha mente}

video videoHoje estou assim, a milhas do presente. Lutando para agarrar o pensamento que, por vezes voa mais depressa do que eu gostaria. Estou com um pé lá atrás...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

montar a tenda...

Ficámos no Parque de Campismo Xixerella, numa montanha a 1450 m de altitude. Em contraste com o parque em Madrid, fazia bastante frio à noite e de dia estava sempre fresco. Em algumas noites dormimos de manga comprida, casaco vestido e com dois sacos de cama quentes por cima de nós. O colchão estava sempre gelado e a tenda muito húmida.

Escolhemos o canto mais sossegado e acho que também o mais fresco...
Uma das coisas que me fascinou em Andorra foi o facto de estar sempre cercada por altas montanhas, como que se de um abraço se tratasse. Também gostei do clima, que me fez recordar a frescura de Inglaterra, especialmente no parque de campismo. No centro das cidades a temperatura já era outra, estava quente. Encontrámos imensos portugueses, tanto de férias, como a viver e trabalhar no país. Parece que 11% da população é portuguesa.

Um rio passa pelo meio do Parque e todas as noites fomos embalados pelo som da sua água. À noite éramos sempre presenteados com um céu estrelado e com relâmpagos no cimo da montanha. Na última noite fomos despertados pela chuva que caía...

Soube muito bem adormecer e acordar diariamente rodeada de verde e ar puro, sempre com o mágico som do riacho. Foi bom refrescar os pensamentos e relaxar...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

{começando...a viagem aos Pirinéus}

Um pouco louco ir até a Andorra em 5 dias... mas foi mesmo isso que fizémos. Saímos de Portugal na sexta a seguir ao almoço e chegámos a Andorra no sábado pelas 15 horas. Regressámos na terça feira. Ficámos com água na boca, claro está, pois o tempo foi curto e os caminhos para explorar os Pirinéus nunca esgotam. De qualquer forma, valeu a pena deixarmos os filhotes bem entregues (obrigadão à Cristina, Nice e Ana) e tirarmos uns dias a dois, como já não faziamos há cinco anos. A primeira paragem foi em Madrid, onde dormimos de sexta para sábado. Já lá chegámos à noitinha e depois de procurarmos um certo parque mais afastado da cidade, sem sucesso, acabámos por ficar num mais central. Sentei-me novamente num Dunkin`Donuts e saboriei um café com caramelo e ... uns quantos donuts... Desejava voltar a um desde a viagem aos Estados Unidos, em 2002. O calor em Madrid foi quase insuportável, especialmente durante a noite. Às 23 horas o termómetro marcava 38º. Tivémos que dormir com a tenda aberta. Só adormeci a partir das cinco da manhã... vi muitas estrelas. Alguns dormiram mesmo ao relento.



Passámos em Madrid de fugida e só para descansar... e comer uns donuts. Saímos cedo para continuar viagem até aos Pirinéus.

Continuem por perto. A "loucura a dois" soube muito bem...

Estivémos por aqui...

videoDemos um pulo até Andorra, Pirinéus. Soube muito bem estar a sós com o meu amorzão, em estilo de lua de mel. Foi refrescante estarmos rodeados de natureza o tempo inteiro, ar puro, verde... sem horários e aquela liberdade de estar apenas a dois. Fotos? Imensas... não deixem de acompanhar, locais muito bonitos. Regresso à noitinha com mais detalhes.

Agora, é bom ter os filhotes nos braços novamente.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

{por aí...}


videoEu e a minha cara metade vamos tirar uns dias a sós, em jeito de comemoração pelos aniversários de casamento dos últimos anos em que permanecemos sempre em casa com os filhotes. Vamos um pouco sem destino, de tenda atrás...por aí...

Até já!

{maluquices em viagem}


As nossas viagens de carro estão longe de serem monótonas. Sim, é verdade que os miúdos gostam de fazer uma boa soneca enquanto andam de carro, o que me permite conversar com o Tim, ouvir música e perder-me nos meus pensamentos e paisagem. Quando eles acordam a história é a outra!
O que mais gostam de fazer:
*ouvir este senhor a cantar vezes sem conta.
*cantar esta canção (em português) sem parar e a rir muito.
*cantar as canções do musical camp da Adonia. O Jojó até faz umas misturas interessantes com as letras. Quanto ao Sammy, até as falas do teatro já sabe de cor. O Marcos vai imitando alguns dos gestos...
*ver qual dos três grita mais alto.
*fazer o Marcos rir.
*o Marcos gosta de molhar o Sammy com a água do biberon e ri perdidamente com o feito.
*atirar a chucha o mais longe possível para dificultar a nossa chegada até ela. (isto é novamente o Marcos)
*por a mão do lado de fora da janela para sentir o vento.
*fazer macaquices de todas as espécies.
*alguns jogos (partilho mais tarde uns quantos).
*comer bolachas.






{salpicos}






{entre amigos}

No domingo tivémos a almoçar connosco os amigos Delvani e Sandra como os seus dois "reguilas" e uma família muita querida, o Jorge, a Alice, a Raquel e a Mariana Pratas, que são missionários em Moçambique. Foi muito bom ter-los cá, soube a pouco. Ouvir as histórias e experiências da Alice por terras africanas foi sem dúvida especial. Cresceu mais ainda a vontade de "ir".
À noite, fizémos a "despedida" com o Tiagão e a Sis, que a esta hora já sobrevoaram as nuvens e pisam terras irlandesas. (Não se esqueçam de voltar!)
Ontem fomos jantar a casa dos amigões Filipe e Kelly. Voltei com umas unhas novas... e os miúdos adoraram o sofá! (Hi!)
(Está combinado! Dezembro ou Março?!)
Estar entre amigos queridos dá cor aos nossos dias de diversas formas. Obrigada a todos por fazerem parte de nós.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

today...

Um intervalo na partilha da semana que passou para deixar um pouco do dia de hoje.
*Final de tarde passado na praia a descobrir conchas na água, a jogar raquetes e a fazer caminhos de água na areia.


Passear à beira da água com o Marcos sempre renova a minha visão das coisas e acende a atenção para as coisas mais pequeninas. É sempre um prazer partilhar estes momentos com ele, como se da primeira vez se tratasse. Espreitem os vídeos abaixo.

video video videoDeixo-vos ainda uma espreitadela (pequenina) pelo quarto do meu afilhado Gabriel que está quase a dar as caras, entenda-se, a nascer. Vá lá, a madrinha está em pulgas para te conhecer ao vivo e a cores!

O serão foi passado na sala a ver filmagens com os miúdos. Depois, no quarto do Sammy e do Jojó, ouvia-se a voz do papá no escuro a contar a história de Moisés parte 2. A dada altura, o Jojó diz: "O David tocava viola para as ovelhas..." Pois... talvez harpa?

{saída a dois}

Já há muito que estava prometido. Não foi exactamente o que tinha idealizado, mas correu muito bem. Eu e o filho mais velho fomos ao cinema ver "A Idade do Gelo 3" a 3D, com direito a ice tea e pipocas. Gostei do filme. Um dos bons exemplos de que indivíduos totalmente diferentes podem ser amigos para a vida. Quem disse que a amizade só surge quando há compatibilidades? Também, mas, a meu ver, vai bem mais além disso. O entusiasmo e nervoso miudinho do Sammy era bem visível e fez-me sorrir. Lembrei-me do meu próprio entusiasmo quando ía ao cinema em pequena com a minha madrinha ou com o meu irmão. Lembro-me até hoje dos filmes que vi e de algumas situações que vivemos juntos.
Gosto destas saídas a dois. Das conversas, partilhas e disparates que surgem naturalmente. Da atenção personalizada que me permite dar e de ver em como eles apreciam estes momentos a sós e a atenção exclusiva que recebem. Mas mais do que isso, gosto de testemunhar
a alegria do reencontro com os manos e o desejo de desbobinar tudo o que viveram longe deles. Sim, não tenho dúvidas, ter manos é muito bom!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

{pedaços de férias em casa}

Após a semana intensa do Acampamento Familiar no ABS, estamos de volta a casa. Como sempre, parte do meu coração ficou por lá. Mas do ABS falarei num outro post, faltam-me umas certas fotos para acabar o vídeo da semana que por lá passámos.
Os dias passam vagarosos, na medida do possível, com três crianças que bem poderiam vender energia, sem qualquer perigo de ficar com escassez.
Sem televisão (pusémos a tv de férias), os manos têm inventado ainda mais brincadeiras e há mais tempo para conversar e fazer jogos em família. Tenho também tentado colocar a leitura em dia (li bem menos do que gostaria no último ano, sinto falta de o fazer, sem pressas). Os sumos de fruta naturais têm reinado.
Os pequenos almoços querem-se lentos e demorados e um pouco mais tarde do que o habitual.
As noites também. Fazer o culto lá fora, aproveitando a frescura do início da noite, tem outro gosto.


O calor aperta, mas eles estão sempre prontos para refrescar os papás e o pobre Flippy, que nunca correu tanto como nos últimos dias. "Mas o Flippy tem calor!", diz o Jojó. Algo me diz que o gato não concorda com a solução dos salpicos de água para atenuar a brasa que anda no ar.

Os banhos, volta e meia são lá fora, de mangueira e é bonito observar o cuidado do Sammy em ajudar o Jojó a lavar-se. Daqueles gestos simples e espontaneos que ficam e roubam um sorriso.


Que têm as fotos da cenoura a ver com tudo o resto? Absolutamente nada, apenas não resisti a publicá-las. Foi um daqueles momentos.
Durante esta semana estarei partilhando um pouco da semana anterior e também do ABS. Uma, ou duas vezes por dia... sem regras. Afinal de contas, estou de férias!