quarta-feira, 30 de setembro de 2009

feijões, chocolate e peanut butter...

Procuro cada vez mais, para preencher espaços entre actividades maiores ou simplesmente quando preciso de algo para os miúdos fazerem enquanto acabo o almoço, trabalhos manuais divertidos e simples. A parte boa, é que eles podem ver o resultado num curto espaço de tempo, o que não deixa de lhes agradar. Sim, é muito bom ensinarmos os pequenos a esperar pleo resulatdo do seu esforço, mas também dá um certo jeito os trabalhos manuais mais rápidos. Enquanto esperávamos que o brownie e as cookies saíssem do forno, pusémo-nos a colar feijões. É apenas necessário uma folha de cartolina escura, desenhar, escrever ou rabiscar com cola branca e colar os ditos feijões. Claro que podemos sempre usar bocaditos de massa ou, para os que não são muito a favor de usar comida, botões, conchinhas pequeninas, bolinhas de papel de cores diferentes, etc. Nem vos conto a concentração do Jojó para colar os feijões todos alinhados! Foi um esforço bonito que terminou num sorriso largo.
Tanto o bolo como as bolachas passaram do ponto, mas garanto que a receita é muito gostosa, eu é que me esqueci deles no forno.
Para aqueles que como eu são fãs de peanut butter, cá vai...

Peanut butter brownie:
*2 ovos
*1 cup (250g9 de açucar em pó (eu não tinha, por isso fiz com açucar branco granulado)
*1/2 cup (115 g) de açucar amarelo
* 30 g de manteiga amolecida
* 1/4 cup (60g) de peanut butter
* 1 colher chá de aroma de baunilha
* 1 1/3 cups (165 g) de farinha
* 2 colheres chá de fermento
* 1/3 cup (50g) amendoins salgados

Bater os dois ovos. Juntar os açucares, a manteiga amolecida, a manteiga de amendoim e a baunilha. Bater durante 2 a 3 minutos com a batedeira, em velocidade média. Misturar a farinha com o fermento, juntar e envolver tudo muito bem, sem bater demasiado. Colocar numa forma rectângular e deitar alguns amendoins por cima da mistura. Levar ao forno a 170º durante 25 minutos.

Peanut butter and chocolat cookies:
* 1 cup de manteiga de amendoim
* 1/2 cup de açucar branco
* 1/2 cup açucar amarelo
* 1 colher chá de fermento
* 1 ovo
* 1/2 colher chá de aroma de baunilha
* 1/4 cup de farinha
* 1 cup de bocadinhos de chocolate (eu usei bocados de bolachas com chocolate, cookies)

Misturar a manteiga de amendoim, o açucar branco e amarelo, o fermento. Bater o ovo e a baunilha e juntar. Acrescentar a farinha e os bocados de chocolate e envolver bem. Formar bolinhas e dispor num tabuleiro. Demoram cerca de 10 minutos no forno e são deliciosas com um copo de leite frio.
Para os que são alérgicos ao amendoim, como a menina Salomé, fica a receita do primeiro brownie que comi na vida, quando era miúda, feito pela família Erickson.

Chocolat brownie:
* 1 cup de margarina
* 2 cups de açucar branco
* 3 ovos
* 3/4 cups de cacau
* 2 colheres sopa de óleo
* 1 colher chá de aroma de baunilha
* 1/2 colher chá de sal
* 1 1/4 cup de farinha

Derreter metade da margarina. Juntar o cacau e óleo e deixar arrefecer. Juntar a outra metade da margarina com o açucar e mexer bem (com as mãos). Juntar os ovos (1 de cada vez) e mexer bem com uma colher (não usar batedeira). Acrescentar o aroma de baunilha e mexer. Juntar a mistura do chocolate e mexer. Finalmente colocar a farinha, o sal e mexer mais uma vez. Levar a 170º durante 2o-25 minutos.

Cobertura:
* 3 colheres sopa de margarina
* 2 colheres sopa de cacau
* 1/2 cup de açucar em pó
* 2 colheres sopa de leite
* 1 colher chá de aroma de baunilha

Derreter a margarina ao lume, juntar o cacau e mexer até dissolver (não deixar ferver). Retirar do lume. Adicionar o açucar, o leite e o aroma de baunilha e mexer bem. Acrescenar mais leite ou açucar se necessário.

Bom apetite!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

...starbucks x2

As tecnologias não param de aparecer e o novo logo passa a antigo e ultrapassado. O mundo está em constante mudança e desenvolvimento, as pessoas envelhecem e até mudam, mas há algo que a meu ver sempre será igual e poderoso em seus efeitos: conversar com uma amiga querida, abrir o coração e partilhar, sabendo que estamos a ser realmente ouvidas e entendidas. (thanks, sis. Love yu.)

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

{a caminho da escola...}

Temos uma nova rotina diária cá em casa: levar e buscar o Sammy à escola, a pé. Pretendemos estendê-la tanto quanto possível, antes da chegada dos dias chuvosos. Sabe bem caminharmos os três; ora em silêncio, acordando devagar, ora em animada conversa ou cantoria. Cantamos, inventamos músicas, apanhamos flores, cumprimentamos o limpador de ruas ("o meu amigo", como lhe chama o Jojó), falamos das actividades esperadas para o presente dia, contamos o que fizémos, partilhamos os sonhos que tivémos durante a noite, pensamos juntos no lanche ou informamos simplesmente que não há nuvens no céu ou que o atacador está desapertado. Cruza-mo-nos com cães, gatos e galinhas, para completa alegria do Marcos. Somos brindados com o cheiro de figueiras, videiras e limoeiros dos quintais alheios e até já apanhámos suculentas romãs no nosso percurso. É um caminho que guarda em segredo a expectativa de um dia ou, à tarde, traz consigo um menino com pensamentos a saltitar, desejando despejar tudo o que viveu e aprendeu, sob os atentos olhos e ouvidos de dois manos mais novos.
De vez em quando, enquanto caminhamos, penso em como estão a crescer rapidamente. Não tarda, os seus passos deixarão de ser pequeninos e a dificuldade que por vezes têm em acompanhar o meu andamento, depressa desaparecerá. Passos cada vez maiores serão dados, conquistando uma liberdade que se espera feliz, aprendendo e enfrentando novos desafios.
Ah... o tempo passa veloz... Deixem-me abraçá-los mais um pouco.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

{cucu!}

Alguns amigos já me perguntaram a razão de não estar a escrever tão assiduamente neste espaço. Bem, a causa principal é mesmo a "lentidão" do meu computador que irá para as mãos do amigo Rui na próxima semana. A este promenor, junta-se uma valente enxaqueca, que me tem acompanhado nas últimas semanas com alguns intervalos de descanso (parece-me a mim, apenas para retornar depois em todo o seu esplendor. Falo da dor de cabeça, claro.) Depois há as disposições e vales pelos quais todos passamos, que por vezes nos levam a ficar quietos num canto, como se por momentos pudéssemos ficar apenas a observar a vida passar...
Há umas tantas coisas para contar, na maioria coisas pequenas, triviais, mas que parece ganharem outra dimensão quando partilhadas com outros.
Espero voltar à noite, se o cansaço ou a cabeça não me passarem nenhuma rasteira. É bom saber que continuam desse lado.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Para ti, papá!

Dad, obrigada por me ensinares:
*a amar a Deus acima de todas as coisas
*a admirar a natureza ao meu redor
*a amar o ABS que é uma parte tão importante de mim, por tantas razões
*a gostar de castelos, histórias , viagens e fotografia
*a amar livros...
*a desenhar as primeiras letras e primeiras palavras em inglês
*a gostar de colher figos e uvas na Farinha Branca e comer com pão, debaixo de uma árvore

E ainda...
*pelo exemplo de integridade e honestidade
*pelo amor e dedicação constante ao Senhor e à obra
*pelo facto de te encontrar a ler Bíblia na secretária todos os dias
*pela forma como sempre deste de ti e do teu tempo aos outros, desinteressadamente
*por me teres iniciado no mundo da música...
*pelos pequenos-almoços deliciosos que me preparavas com cereais vários misturados e frutas, torradas na chapa e ovo na tacinha. Delicioso!
*pelo cuidado, carinho e romantismo que posso apreciar entre ti e a mamã
*pela segurança que me transmitias quando eu era pequena
*pelo colo sempre que saíamos de casa
*pelo olhar carinhoso para com os netinhos
*e tantas coisas mais...

Parabéns! Queria muito ter estado pertinho de ti hoje.

Mommy: Hang on! We love you!

mais uma semana...

O início de cada semana traz sempre uma porção de esperança, como o raiar de cada dia. Mais horas para sonhar, fazer planos, trabalhar, construir, dar, semear, aprender, mudar, amar, investir em relacionamentos e nos outros. Poderá ser também uma semana de lutas ou novos desafios... oportunidades! O desconhecido pode por vezes assustar, a lida diária pode parecer pesada e difícil; podemos sentir-nos sozinhos, sem forças ou até inquietos. Mas Ele promete guiar, sossegar...

sábado, 19 de setembro de 2009

com velas e tintas...

E que tal desenhar com algo diferente, como velas? Foi o que fizémos na quinta-feira. Desenhámos com velas brancas numa folha de cartolina branca e, claro está, nada vimos. Pintámos por cima com pincéis e o desenho feito com a vela apareceu. Acho que não devo ter usado as tintas certas, esperava que o resultado fosse mais visível, mas foi engraçado na mesma. De qualquer forma, tentaremos novamente na próxima semana. O Marcos não ligou muito às velas, o que ele queria mesmo era pegar nos pincéis e começar a sua obra de arte e mistura de cores, sempre muito concentrado. Sim, que no meio da mistura que fez com as cores, o Sammy ficou contente por o mano lhe arranjar a cor cinzenta que não tinhamos. Temos artista!
Giro recordar as diferenças entre eles com esta idade, no que diz respeito à pintura. O Sammy, tal como o Marcos, era muito cuidadoso a pegar no pincel e a usar as cores no papel ou tela. Por sua vez, o Jojó, gostava de ir um pouco mais além e pintava também a cara, as mãos, os braços e tudo o mais que fosse pele e estivesse ao seu alcance.As pinturas foram penduradas no "estendal" da biblioteca e vieram trazer alguma cor a este Outono que se aproxima.

era uma vez uma experiência...

Fizémos na semana que passou uma experiência simples em casa da Sis que muito agradou os pequenos... e mim também. É apenas necessário juntar um pouco de água com farinha maizena, até obter uma textura lisa, com a aparência de um lago gelado. Depois, coloca-se um bocadinho da mistura na mão e esta imediatamente endurece, mas ao apertarmos tem uma textura elástica. Abrimos a mão e logo se começa a desfazer em líquido novamente. Experimentem em casa, muito divertido.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

{sunbeams em forma de amigos}


video
Foi há uns sábados atrás que nos juntámos. Eu e alguns amigos de sempre. Daqueles que já lá estão quando nascemos ou nascem quase lado a lado connosco. Com quem crescemos, aprendemos, descobrimos o mundo e vivemos a adolescência e parte da juventude com todas as lutas e sonhos que tais fases implicam. Com quem rimos, chorámos e contruímos memórias fortes e bonitas que jamais fugirão da nossa mente. Aqueles amigos com quem não nos imaginamos a viver sem, que fazem parte de quem somos, da nossa história.
Foi muito bom ter-vos a todos junto a mim, mesmo que por pouco tempo. Sim, soube a pouco. Estar convosco foi como retornar a casa, a um porto seguro. Custou muito ver alguns de vocês ir embora... Grata porque através de vocês vejo a fidelidade de Deus.
Para alguns (e vocês sabem quem são... as palavras mentiriam se tentasse dizer o quanto são importantes e especiais para mim. Abraço apertado. E por favor, fiquem por perto.)

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

domingo, 13 de setembro de 2009

{chuva de Verão}

Hoje o dia trouxe um cheirinho de Outono imensamente aplaudido cá por casa. Parámos para beber dele. Para olhar... sentir..."I hear leaves drinking rain;
I hear rich leaves on top
Giving the poor beneath
Drop after drop;
'Tis a sweet noise to hear
These green leaves drinking near.
And when the sun comes out,
After this rain shall stop,
A wondrous light will fill
Each dark, round drop;
I hope the sun shines bright
'Twill be a lovely sight."

by William Henry Davies

{o afilhado mini}

Ontem vi pela primeira vez o meu afilhado Gabriel. Incrível como depois de termos filhos esquecemos rápido o quão pequenos são quando nascem e o quão leves... Soube mesmo muito bem tê-lo nos meus braços um pouquinho. Foi emocionante! (Shana e Miguel: lindo, lindo! E começa mais uma aventura!) Pronto, vamos lá mostrar a cara do mocito.
Os padrinhos têm uma mão cheia de coisas bonitas para te mostrar. Aguarda-nos!

{mais um anito}

Parabéns, Alissa! Gostamos muito de ti. Foi bom partilhar este dia especial contigo.

Para os mais curiosos. Sim, ontem conseguimos fazer tudo. Comprámos o material necessário para o Sammy (quase todo), fomos à festinha de anos da Alissa e estivémos com alguns amigos, visitámos a Shana e o Gabriel na maternidade (passou num instante...) e ainda almoçámos em casa da Sis. Ela foi uma preciosa ajuda ao ficar com o Jojó e Marcos durante as compras. Há dias que deviam definitivamente ter mais horas.

sábado, 12 de setembro de 2009

Sexta-feira

O dia amanheceu calmo, mesmo com a febre do Sammy e foi ganhando ritmo conforme os minutos corriam. Limpezas, compras, fazer bolos, sestas (aconteceu a raridade: dormiram os três ao mesmo tempo), ler histórias ao filhote doentito, colocar compressas de água fria na testa do mais velho com a ajuda preciosa dos mais pequeninos que mimaram o mano, reunião de pais na escola do Sammy e, no fim do dia, encontro cá em casa com os adolescentes/jovens da igreja. É sempre bom partilhar um pouco dos seus sonhos, é sempre um prazer ouvi-los. Vejam mais fotos do encontro no Contra a Maré.
E talvez os planos de amanhã tenham que ser alterados, o filhote grande não parece estar a melhorar. Estava previsto o início da escola de música do Sammy, um aniversário de uma amiguinha, compras de material escolar e conhecer o nosso afilhado. Vamos ver como corre...