domingo, 28 de junho de 2009

{pedaços de uma quinta-feira}




A Sis veio passar o dia connosco. A ideia era termos começado uma pequena horta, mas a relva surpreendeu-nos com uma certa teimosia e acabámos por nos render. Enquanto o Marcos dormia a sesta e o Sammy e o Jojó descansavam debaixo da tenda improvisada, planeámos no papel e semeámos depois algumas das coisas em espaços pequeninos, em material que poderá depois ser transplantado para terra. Soube bem mexer um pouco na terra e sentir o seu cheiro. Há algo de único em semear algo, ver crescer e colher! É como lidar com algo de muito valor, que ganha uma dose extra de significado, sendo tratado com cuidado e amor.
Flores, tomate, ervilhas, abóbora e mais algumas preciosidades...



E no final do dia veio o merecido descanso... quer dizer... não fosse o famoso jogo das bandeiras, que os miúdos andavam a pedir para jogar desde o nascer do sol.



Foi um dia bonito!

Fazendo joaninhas e outras coisas...

Na semana passada fizémos joaninhas- fantoches. Aqui ficam os passos para os que quiserem tentar.
Com um prato de plástico fazemos uma circunfrência numa cartolina vermelha. Desenhamos as asas da joaninha e recortamos. Desenhamos os olhos numa folha branca, pintamos e colamos na cartolina vermelha. Cortamos pequenas bolas numa cartolina preta e colamos. Desenhamos ainda na cartolina preta as patas da joaninha e recortamos. Por fim, agrafamos a circunfrência vermelha e as patas da joaninha ao prato e tapamos a parte do mesmo que ainda se vê com um pouco de cartolina preta. E temos a nossa joaninha- fantoche! Agora é hora de brincar!


E porque não resisto, deixo-vos alguns momentos da semana que passou.
Os abraços entre manos e o agrião que cresce na cozinha a olhos vistos.Momentos calmos entre livros e um gato... E as criações ao ar livre com pasta de modelar.
E a última novidade: o Sammy que resolveu ensinar o Marquitos a andar de biciclecta.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

no dia mais longo do ano... {parte 2}

No final do dia de domingo demos um salto à praia com o Tiagão e com a Sis. Com fruta, bolachinhas e restos de pizza do almoço, lá fomos nós desejosos de ver, cheirar e sentir o mar.
O entardecer é a minha hora favorita do dia, apesar de também gostar de pisar a areia penteada das manhãs. Mas há algo de mágico no final de um dia... A luz desta hora desperta emoções e sentimentos e acende em mim mil e uma recordações e pensamentos acerca do presente e futuro. Cola-se a mim, trazendo consigo uma certa serenidade, pintando um sorriso no meu rosto. Ver a praia a ficar deserta devagarinho, presenciar o sol a mergulhar no mar...




As fotos que se seguem foram tiradas com a máquina do Sammy, pois a bateria da nossa acabou. (Ai... não gosto nada quando isto acontece em momentos essenciais. Mesmo na hora em que a luz do entardecer pairava sobre a praia!) E para melhorar, a máquina do Sammy ficou sem pilhas. Lá perdemos a oportunidade de tirar uma fotografia do Sammy enterrado na areia apenas com a cabeça de fora e do picnique que fizémos ao pôr-do-sol. Dadas as circunstâncias, parece que vamos ter que repetir!








video

Podem ver mais alguns vídeos aqui.

no dia + longo do ano... {parte 1}













video

video