quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Semeando...

Cresci rodeada de hortas nas férias e feriados. As hortas das minhas avós e tios na Farinha Branca. Gostava de apanhar fruta das árvores com o meu pai e vovó Guida e comer com um bom pedaço de pão alentejano ou broa, especialmente se a fruta se chamasse figos ou uvas. Se houvesse um queijinho de cabra a acompanhar, tanto melhor. A minha mãe tinha imensas plantas em casa e no meu prédio, entre o 3º e 4º andar (que era o meu) não havia um degrau que não tivesse pelo menos 2 vasos. Estão a imaginar a dificuldade que às vezes tinhamos para chegar a casa sem tropeçar ou pisar uma folha ou ramo das plantas da vizinha do lado! A minha praceta era verde. A escola também, tanto a primária (que tem perdido muito das árvores e arbustos desde então)como a secundária. em miúda plantei pelo menos 6 árvores, 4 na escola primária e 2 em Inglaterra, na EMF. No entanto e apesar de gostar do verde da Natureza e de gostar de estar no meio dela, a verdade é que nunca tive muitas plantas desde que me casei. Porém, desde que mudámos para esta casa que essa necessidade e gosto tem crescido em mim, assim como o desejo de transmiti-la aos meus filhotes. Assim, estamos a tentar começar uma hortinha por aqui. Hoje começámos por plantar hortelã, salsa e erva cidreira. Gosto dos aromas e sabores com que as especiarias nos presenteam. E mais do que tudo, gosto do processo de semear, cuidar, ver crescer e depois colher e cozinhar. Este processo natural e simples tem um quê de amor à mistura que me tem vindo a cativar pouco a pouco. E o cheiro a terra...


O Sammy e o Jojó ajudaram o vovô com prazer e aproveitando o dia ameno (nada outonal) ficaram a brincar um bocadinho à noite com a terra. Pás?! Desta vez foi mesmo com as mãos e pés que andaram a fazer bolos. Nem vos conto qual a côr final da água do banho...(happy kids!)

3 comentários:

Kella disse...

Também aprendi a gostar de jardinagem desde que me mudei para aqui...infelizmente agora o tempo não é muito e quase ouço as plantinhas a pedir socorro!!!!

by shana.. disse...

Mas o vôvô Nunes é que está a trabalhar! Compra umas galochas como as minhas de borracha e umas luvas de jardinagem e deita mãos à obra, porque essa é que é a parte gira.. e depois ficar a ver o que foi feito dá um grande gozo no final do dia. Mas isso para quando estiveres boa, OK?
beijinhos grandes e boas jardinagem

Rute Carla disse...

Eu também fiz alguma coisa, apesar de não dever por causa das costas... mas ainda não consigo cavar e tirar fotografia ao mm tempo, tonta.