quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Recordando...

É verdade, tenho milhares de fotografias cá por casa, por isso, a partir de hoje, todas as quarta-feiras vou colocar aqui algumas fotografias antigas. Fica atento, numa destas semanas podes aparecer tu!Na casa dos meus pais, na Zona J. no final de uma reunião de jovens. (Sim, eu sou a pequenita ao colo da Sara)
No ABS. Conseguem dizer quem é quem?Em cima, a última passagem de ano passada em Chelas, em 1994. Em baixo, um passeio das Escolas Dominicais, em Ponte de Sôr.

5 comentários:

by shana.. disse...

Foto ABS: meu primo, Paulo Mário, teu mano, teu primo, timóteo, rute Biléu, moi, ????, minha prima, ir. Hortênsia e marido, ana elisa. A miuda que está de roda de mim é que não sei .. :)
acho que isso foi no ano em que o meu primo estava muito preocupado com os gastos de papel higiénico nas brincadeiras..

Rute Carla disse...

ahah!Quase que me apanhaste...

Anónimo disse...

Boa noite Rute!
Procurando no Flickr uma foto para um post especial do meu blog, encontrei uma sua com malmequer muito bonita e que me cativou. Tomei a liberdade de a levar, mas coloquei abaixo os seus créditos.Se não concordar agradeço que me diga que substituirei por outra.
Dado a sua simplicidade e grande beleza gostava de contar com o seu consentimento.
Bjs
Nélia

Rute Carla disse...

Tudo bem, sem problema.

Anónimo disse...

"Recordar é viver", e apesar do tempo não voltar para trás, não queremos esquecer nem apagar da nossa memória os tempos e os dias em que vivíamos de forma tranquila, alegre, disfrutando da amizade e do amor que nos unia. Rute Carla, olhando para as 2 fotos de Chelas, vejo cada rosto, cada sorriso, cada expressão, de jovenzinhos que experimentaram o valor da amizade, da partilha, do amor. Foram tempos muito gostosos e sobretudo em Chelas, quando falo com os nossos adolescentes, conto-lhes o que nós eramos e o que fazíamos juntos. Gostaria que os "nossos" filhos pudessem viver a sua adolescência e juventude, de uma forma tão saudável e alegre quanto nós, que criámos laços que, apesar da distância, das mudanças de vida, nunca vamos esquecer.
E tu és uma das pessoas que estarás sempre no nosso coração.
Um grande beijinho da amiga Paula.
P.S.: Continua a escrever, quem sabe se um dia, não te tornas uma escritora. Enquanto isso, podes continuar a contar as tuas histórias e a dar brilho e cor a quem passa pelo teu blog.